Uma Jornada Mundial para todos os jovens

Madrid, 2 de Agosto de 2011 – Cada vez falta menos para que arranque a JMJ e já se estão a ultimar os preparativos para esta grande festa dos jovens, de todos os jovens. Para que isto fosse uma realidade, foi feito todo o esforço logístico necessário para que possam participar mais de 4.000 jovens com algum tipo de deficiência que são esperados na Jornada Mundial. Cerca de 1.500 alojar-se-ão em centros completamente adaptados e acessíveis; e 600 voluntários da JMJ dedicar-se-ão a atender as suas necessidades

Para além disso, haverá uma tenda da deficiência no Parque del Retiro, onde os jovens de todo o mundo se poderão informar sobre o voluntariado, de diferentes organizações da Igreja, com pessoas com deficiência e ver as 25 fotografias vencedoras do concurso ‘Con outra mirada’.

Um encontro para eles com Bento XVI

María José González, responsável da área da Deficiência da JMJ, explica: ““Estes jovens terão lugares reservados e adaptados em todos os actos centrais da JMJ. Além disso, o Papa quis ter um encontro com uma representação destes jovens na Fundação Instituto São José, no sábado, dia 20 de Agosto”.

Os jovens portadores de deficiência também estarão representados na refeição que o Santo Padre terá com 12 jovens do mundo na Nunciatura, na sexta-feira, dia 19.

A tenda da deficiência: um espaço de intercâmbio

Como iniciativa notável, destaca-se a tenda da deficiência, que terá lugar no Parque de El Retiro, sob o tema ‘disCAPACITADOS EN EL AMOR’ (“inCAPACITADOS NO AMOR”), e que pretende aproximar os jovens do mundo à realidade da deficiência e ao voluntariado com pessoas com deficiência. Nesta tenda, estarão representadas, com expositores, diferentes realidade da Igreja envolvidas na deficiência, como a Fundação João XXIII, a pastoral da pessoa surda de Espanha, a Hospitalidade de Lourdes, ou ainda a Cáritas espanhola. Além disso, nesta tenda, haverá uma oficina de reparação de cadeiras de rodas, caso alguma se estrague

Além disso, neste espaço de intercâmbio, serão expostas as 25 fotografias do concurso ‘Con outra mirada’ (conotramirada.madrid11.com), no qual os jovens apresentam com imagens o tema da deficiência na vida da Igreja. Esta área estará aberta do dia 16 ao dia 19 de Agosto, das 11 às 22 horas.

Circuitos magnéticos para pessoas com deficiência auditiva

Em cada acto principal, tudo foi pensado para que estes jovens possam acompanhar os actos do Papa, como todos os outros. Em Cibeles, para que os jovens com incapacidade auditiva não tenham interferência nem problemas com o som, será colocado um anel magnético. Este transformará o sinal de áudio que todos podemos ouvir num campo magnético que é captado por todos os aparelhos auditivos. Isto é possível graças à confederação espanhola de famílias de pessoas surdas, FIAPAS.

Por outro lado, em Cibeles e Cuatro Vientos, as pessoas com deficiência auditiva terão a possibilidade de seguir os actos através de um painel gigante no qual aparecerão também tradutores em língua gestual e legendas.

Zonas preferenciais

Destacam-se, também, as zonas onde os jovens com deficiência ficarão. Na quinta-feira, dia 18, durante a cerimónia de boas-vindas dos jovens ao Papa, na Puerta de Alcalá, haverá uma zona preparada, na Plaza de la Independencia, para 200 jovens com deficiência física, intelectual e pessoas doentes com os respectivos acompanhantes, com uma casa de banho adaptada perto desse mesmo espaço. Depois desta cerimónia, Sua Santidade subirá ao Papamóvel, que o transportará até à Plaza de Cibeles, onde entre a multidão que o esperará, se reservou um espaço para jovens com estes tipos de deficiência haverá uma tenda com casas de banho e pontos de água adaptados para eles.

No dia seguinte, durante a Via-sacra que irá de Colón a Cibeles, os jovens com deficiência auditiva e visual ficarão no mesmo espaço do dia anterior, enquanto os jovens com deficiência física e/ou intelectual ficarão num espaço na alameda central do Paseo de Recoletos, frente à Biblioteca Nacional, uma vez que é um lugar que não tem barreiras arquitectónicas para eles. Desta forma, cerca de 220 jovens poderão seguir de perto e ver bem quer as estações da Semana Santa quer o Papa.

Em Cuatro Vientos, os jovens com deficiência ficarão ao lado do altar maior, onde haverá duas parcelas a eles destinadas. Na primeira, com mais de 2000 m2, à esquerda do altar, ficarão as pessoas com deficiência visual e/ou auditiva.

A outra parcela, com mais de 3000 m2, acolherá as pessoas com deficiência física que chegarão em autocarros e que depois da Vigília regressarão aos alojamentos, ainda que regressem para participar na missa de encerramento da JMJ, que o Santo Padre celebrará no domingo, dia 21, às 9:30. As casas de banho e os pontos de água especiais para eles estarão na mesma zona.

AVISO: As pessoas com deficiência auditiva podem registar-se num serviço de Emergências, preenchendo um formulário em www.madrid112.es . O sistema funciona por mensagens de texto (SMS) entre o centro de operações do 112 e o afectado e permite a sua localização em menos de 3 minutos.

Em caso de emergência, existe um serviço telefónico 24h (91 177 50 08) coordenado por ALARES, que estará activo durante toda a semana da JMJ, para pessoas portadoras de deficiência, atendidas por voluntários..

Qualquer problema com cadeiras de rodas podem chamar: 667 18 19 66.

Fonte: Site Oficial Jornada Mundial da Juventude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *