Ofício da Imaculada Conceição – Terça

Terceiro hino do ofício, também chamado de Terça

Terça (hora canônica que corresponde às nove horas da manhã)

Sede em meu favor,
Virgem soberana,
livrai-me do inimigo
com vosso valor.

Glória seja ao Pai,
ao Filho e ao Amor também,
que é um só Deus
em pessoas três,
agora e sempre
e sem fim. Amém.

Hino

Deus vos salve, trono
do grão Salomão,
arca do concerto
velo de Gedeão
!

Íris do céu clara,
sarça da visão,
favo de Sansão,
florescente vara
,

A qual escolheu
para ser mãe sua,
e de vós nasceu
o Filho de Deus.

Assim vos livrou
da culpa original
De nenhum pecado
há em vós sinal.

Vós que habitais
lá nas alturas,
e tendes vosso trono
entre as nuvens puras.

Ouvi, Mãe de Deus,
minha oração.
Toquem em vosso peito
os clamores meus.

Oração: Santa Maria, rainha dos céus, mãe de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhora do mundo, que a nenhum pecador desamparais e nem desprezais, ponde, Senhora, em mim os olhos de vossa piedade e alcançai de vosso amado Filho o perdão de todos os meus pecados, para que eu, que agora venero com devoção vossa Imaculada Conceição, mereça na outra vida alcançar o prêmio da bem-aventurança, pelo merecimento de vosso bendito Filho Jesus Cristo, nosso Senhor, que com o Pai e o Espírito Santo vive e reina para sempre. Amém.

Explicação dos termos destacados:

TRONO DO GRÃO SALOMÃO – Tão belo e luxuoso era o trono do grande rei Salomão, que a Bíblia exclama: `Nada de semelhante se fez em reino algum!` (1Rs 10, 20). Era de marfim, todo revestido de ouro puro. Para aquele que seria superior a Salomão (Mt 12, 42), Deus preparou em Nossa Senhoraum trono infinitamente mais belo e nobre, enriquecendo-a com toda espécie de graça.

ARCA DO CONCERTO OU ARCA DA ALIANÇA – Desde os tempos do Êxodo, a arca foi o sinal da presença de Deus nomeio do seu povo (Êx 25, 10-22). Era o lugar do encontro entre Deus e o povo. Nela se guardavam as tábuas da lei mosaica, o maná que alimentou os hebreus no deserto, e a vara de Aarão que floresceu milagrosamente. Jesus é o novo Moisés, que no Sermão da Montanha pregou a nova Lei (Mt 5-7). Deixou-nos na Eucaristia o alimento, figurado no maná, que nos conduz até a pátria celeste (Jo 6, 32-33). E a vara de Aarão simboliza a virgindade de Maria que, sem concurso humano, gerou o Salvador. A força do Altíssimo envolveu Maria com sua sombra (Lc 1, 35), assim como a nuvem da presença divina enchia o Tabernáculo onde repousava a Arca da Aliança.

VELO DE GEDEÃO – Velo ou tosão é o couro do carneiro com a lã. Gedeão, que foi Juiz em Israel, obteve de Deus um duplo sinal de sua futura vitória contra os madianitas: primeiro só o velo se umedeceu de orvalho e toda a terra ao redor permaneceu seca; depois, foi o contrário: enquanto o velo ficou seco, tudo ao redor apareceu molhado (Jz 6, 36-40). O orvalho que desce antes sobre o velo e depois sobre toda a terra representa a plenitude de graça que Maria recebeu, para depois comunicá-la à humanidade inteira.

ÍRIS DO CÉU – O arco-íris, que apareceu no céu depois do dilúvio, tornou-se o sinal da Aliança entre Deus e os homens; ao vê-lo, Deus se lembraria da sua intenção misericordiosa de não mais castigar os homens com um novo dilúvio (Gn 9, 12-17). Maria anuncia que chegaram os tempos do perdão: por meio dela nasce o Rei Pacífico que veio, não para condenar o mundo, mas para salvá-lo (Jo 3, 17).

SARÇA DA VISÃO– Deus chamou Moisés para libertar seu povo, aparecendo-lhe numa sarça, que ardia sem se consumir (Êx 3, 1-6). Nossa Senhora está simbolizada na sarça, porque deu à luz o Libertador do mundo, sem prejuízo da sua virgindade.

FAVO DE SANSÃO – Sansão encontrou um favo de mel dentro da ossada de um leão, morto por ele tempos atrás (Jz 14, 5-18). No seio da humanidade morta pelo pecado. Deus encontra aquela que na Salve-Rainha chamamos de “doce Virgem Maria`.

FLORESCENTE VARA – Um ramo sairá do trono de Jessé`, disse o Profeta Isaías (11, 1). Jessé foi o pai do grande rei Davi, de quem Jesus era chamado filho (Mt 21, 9), por ser descendente seu. Maria é aquele ramo que floresce, quando dela nasce Jesus.

Fonte: Fonte de Alegria

One comment to “Ofício da Imaculada Conceição – Terça”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *