24 de maio: Maria Auxiliadora dos Cristãos

“Foi Ela quem tudo fez”. Era assim que Dom Bosco se referia à Mãe de Jesus, Maria, a quem a família salesiana aprendeu chamar de mãe.

De fato, Nossa Senhora Auxiliadora está presente em todas as casas salesianas. Quem nunca ouviu das irmãs ou dos padres salesianos nos colégios, que todos nós somos levados às casas salesianas pelas mãos de Maria. Sim, é verdade. Nossa Senhora confiou seus pequenos filhos à filhas e filhos mais preparados, que trabalham para a vivência do sistema preventivo de Dom Bosco, apoiado no trinômio Religião-Razão-Bondade.

Aprendemos a amar Maria e ter por ela tanta devoção, que carinhosamente a chamamos de mãezinha. É a ela que recorremos nas horas de mais aflição, é ela quem nos auxilia com seu amor de mãe, é ela que nos leva ao encontro de Jesus. Nas mãos de Maria está Jesus, de braços abertos para nos abraçar, para dizer que nos ama acima de tudo.

“Como é bom está numa casa salesiana! Como é bom voltar… No tempo em que estudei no Instituto Waldemar Falcão, mais conhecido por Salesianas de Aracati, essa era a minha primeira casa. Minha mãe sempre falava isso. Eu passava mais tempo no colégio do que em qualquer outro lugar, e não era simplesmente por obrigação, mas porque eu sentia que ali era o meu lugar, aquelas paredes eram as paredes da minha casa, a capela era o lugar que eu mais gostava, eu posso dizer que mergulhei desde o primeiro instante no carisma salesiano, do meu querido Dom Bosco e da minha querida  Madre Mazzarelo.

Estudei os 15 anos da minha vida escolar em uma casa salesiana. É impressionante, mas eu já entrei em várias casas salesianas em outras cidades, e sabe? Elas parecem que tem o mesmo cheiro, a mesma alegria, os mesmos sorrisos, é um sentimento que só sabe quem faz parte dessa família, e eu faço parte! Quando a gente deixa de ser aluno, a primeira coisa que a gente pensa é: ex-aluno sim, ex-família salesiana jamais!

Desde que me tornei aluna salesiana, em 1991, aos três anos de idade, o dia 24 de maio ganhou uma importância sem fim na minha vida. Era o dia mais especial do ano no colégio. Era o dia que dedicávamos todos os nossos esforços para Ela, agradecendo por tudo que ela fez, pela obra salesiana espalhada no mundo, por tudo. O colégio ficava azul e rosa para celebrar a Mãe de Jesus. Eu acho que é esse o sentimento, o coração da gente fica azul e rosa mesmo, porque a gente se veste por fora e por dentro pra dizer a ela o quanto a gente a ama.

Hoje, mais um 24 de maio. Eu já acordo me sentindo diferente. É muita emoção, lembro de todos os anos em que vivi essa festa no colégio. Vou para o facebook e posto uma pequena homenagem lembrando a data, e encontro uma chuva de postagens de pessoas, que assim como eu, não esquecem de todo o amor celebrado nesses 24 de maio. Que alegria! Ex-aluno salesiano não esquece jamais dessa data e não esquece de agradecer a Maria, a cada 24 de maio, por tudo que ela fez e faz em nossas vidas.”

É um momento de agradecer a Deus e a todos os Salesianos de Dom Bosco e às Filhas de Maria Auxiliadora . Nós, ex-alunos, somos a prova de que fomos confiados às pessoas certas. Devemos muito de nossas virtudes a vocês. Pedimos que continuem exercendo a vocação de educadores cristãos, pois assim, infinitas vidas ainda haverão de colher os frutos de uma educação libertadora, sempre apoiada na fé e no amor.

O Juventude Santa também é fruto desse sistema de amor. A visita das relíquias de Dom Bosco no Brasil acendeu em nossos corações uma vontade de fazer algo mais pela juventude e, em oração, soubemos que era a hora de evangelizar, escancarar as portas do coração de Jesus para todos os jovens, através da internet. Obrigada Mãezinha Auxiliadora por nos auxiliar em todos os momentos. Nós te amamos.

“Diante de Deus declaro: basta que um jovem entre numa casa salesiana para que a Virgem Santíssima o tome imediatamente debaixo de sua especial proteção”. Dom Bosco.

Lígia Lima
Ex-Aluna Salesiana, Co-fundadora do Site Juventude Santa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *